mandrião

O mandrião é uma peça usada já há muito tempo pelos bebês das igrejas católicas no momento de seu batismo. O traje nada mais nada menos é como se fosse uma longa camisola unissex nas tonalidades branco ou Off-White, sem muitos detalhes e geralmente com um ou outro bordado em renda.

Temos um artigo mais antigo que falamos sobre esse traje tão tradicional no meio católico, dê uma olhadinha nos nossos artigos um pouco mais antigos para poder saber mais detalhadamente sobre essa peça. Lá você saberá sobre sua origem, como ela está nos tempos atuais e muito mais!

Porém, apesar de já termos um artigo falando sobre esse traje, nunca citamos especificamente sobre suas vantagens. E se caso você estiver interessado em saber sobre as vantagens de usá-lo, está no lugar certo! Iremos falar um pouquinho sobre os benefícios de usar esse traje e também sobre sua compra.

Falando em compra, se caso estiver em dúvida onde comprar, saiba que temos modelos de mandriões lindos na nossa categoria aqui no site. Não esquece de dar uma passadinha na categoria, você não vai se arrepender e quem sabe encontra aquilo que procura?!

Chega de papo, e vamos para os tópicos a seguir!

 

Vale a pena comprar o mandrião?

Mandrião Batizado

Afirmar se vale a pena ou não é algo um pouco complicado de dizermos aqui. Algumas mamães mais conservadoras compram os mandriões já pensando na geração futura, pois eles serviram para os batismos futuros e será um símbolo de ligação entre as gerações. Outras pelo fato de achar que o mandrião é a veste mais apropriada para o batismo.

Já percebemos que nos tempos atuais, a maioria das mamães não se importam muito em comprar essa peça, podendo substitui-la por trajes mais formais e detalhados, mais modernos como vestidos e conjuntinho social, por exemplo.

Então, depende muito da forma como você enxerga a representação do mandrião.

O nosso conselho referente a isso se caso você não for aquela mãe que se importa muito em seguir as tradições do catolicismo referente ao batizado do bebê, se caso se interessar pelo mandrião apenas pelo fato de preferi-lo para batizar o menino e depois dar um fim na peça, compre um traje que possa ser usado em outras ocasiões.

Você pode sim gostar do mandrião, mas se o comprar com a intenção de descartá-lo depois do batizado, é muito melhor investir me uma peça que vai ser usada em muitos outros eventos do que gastar em outra que será usada por poucas horas e descartada com facilidade se ela não possuir nenhum significado para você!

Uma dica muito bacana que damos a essa questão, tente dar uma olhadinha no quarto da sua mãe ou da sua vó, principalmente no fundo do guarda-roupa, com certeza algum mandrião será encontrado. Assim você poderá usá-lo no momento do batizado do pequeno e devolvê-lo logo após sem ter que o descartar ou gastar dinheiro à toa no traje.

E se caso você encontrar o mandrião, você não terá que se preocupar em gastar seu valioso dinheiro em outro. Viu como também inclui custo e benefício, o que na verdade só vai te beneficiar por ter encontrado e peça e não precisar gastar valor nenhum nela!

 

Quais as vantagens do traje?

A vantagem do mandrião é que ele pode ser usado tanto em meninos ou em meninas, e por ser uma peça que não precisa de muitos detalhes por te ruma aparência única, ele se torna propício tanto para batizados de meninos quanto para batizado de meninas.

Sua saia não tem tamanho definido, te dando a liberdade de escolher o comprimento que preferir do mandrião para usar no seu pequeno. A peça varia do comprimento padrão desde as canelas do bebê até a um comprimento consideravelmente exagerado, o que não causa nenhum incomodo aos pais que optam a utilizar esse tipo de comprimento no mandrião.

Antigamente os mandriões eram rústicos e até sem graça para algumas pessoas, aquela cor pálida, bordados exagerados e um saiote enorme e cheio, esse era o padrão de quase todos os outros trajes desse tipo. Porém, conforme a modernidade foi evoluindo e as diretrizes da igreja católica foram se alterando um pouco, novos modelos de mandriões podem ser encontrados hoje em dia em lojas infantil ou de artigos para batizado, tendo suas cores variadas do Off-White, rosa-claro, azul-bebê, bege, champanhe, etc.

Seus detalhes e tecidos também variaram muito nos tempos atuais. Antigamente era praticamente um tipo de bordado e cetim na maioria das partes do traje, algo que já é totalmente variado se você for observar os novos modelos de mandriões.

Os bordados já são diferenciados, alguns até são substituídos por miçangas, rendas e desenhos do próprio tecido. E por falar em tecido, o tão famoso cetim também foi substituído pela seca, algodão e até linho, trazendo aparências diferenciadas e muito lindas para o traje.

Você também pode encontrar mandriões lisos ou cobertos por bordados e rendas, o que particularmente dá um charme muito especial na peça, ou apenas com rendas na borda ou mangas. Seja lá como estiver detalhado a peça, com certeza estará bem mais elaborada e moderna do que nos tempos atuais, dando elegância e charme para seu pequeno no momento mais importante e especial de sua vida. 

Só pedimos que tome um pouco de cautela no momento de escolher a cor do traje que seu filho irá usar se tiver intenção de guarda-lo e passar para a próxima geração, pois dependendo da tonalidade pode se desgastar com o tempo ou até mesmo não combinar muito com o futuro usuário da mesma. Nesses casos, cores neutras e que não correm muito risco de despigmentação são ótimas opções.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem